Vereadores cobram explicações sobre a paralisação de obras em Contagem

A reunião plenária desta terça-feira (8/5) na Câmara Municipal de Contagem foi marcada por pronunciamentos sobre assuntos que estão em pauta na cidade. Os parlamentares cobraram esclarecimentos do secretário de Obras e Serviços Urbanos de Contagem, Reinaldo Alves Costa Neto, sobre as obras e intervenções que estão estagnadas na cidade.

O vereador Alex Chiodi (SD) iniciou o debate expondo que o principal fator para a insatisfação dos parlamentares é a falta de diálogo do gestor com o Poder Legislativo. “Eu liguei várias vezes para conversar com o secretário sobre as obras que ainda não começaram no bairro Estâncias Imperiais e a construção do viaduto na Avenida das Américas, sob a Av. Severino Ballesteros, que estão paralisadas, mas não obtive sucesso em nenhuma tentativa”, contou.

Chiodi disse ainda que muitos secretários são atenciosos, mas existem dificuldades de comunicação com outros. “Às vezes acontece de o secretário estar indisponível no momento do contato e ele retorna nossa ligação depois e dá atenção à demanda. Porém, quando isso não acontece, fica difícil repassar a solicitação que os moradores nos passam diariamente”, ressaltou.

Em aparte, os vereadores Silvinha Dudu e Vinícius Faria, ambos do PCdoB, expressaram apoio à solicitação e salientaram a necessidade de maior diálogo com a Secretaria de Obras.

“Não tem como as obras continuarem paradas, porque a circulação de veículos na região do Shopping Contagem está tão ruim que pode até acontecer um acidente”, afirmou a vereadora Silvinha sobre o trânsito nos arredores da Av. das Américas.

“Os moradores do bairro Ressaca estão confusos, pois uma hora um diz que o viaduto tem que ser derrubado e o outro diz que foi construído errado. Se esses boatos forem verdade, os moradores têm que ser informados. Então, nós vereadores temos que continuar verificando a situação da construção do viaduto, porque a população cobra e com razão”, completou a vereadora.

Por sua vez, Faria destacou a necessidade de realizar uma Audiência Pública, diante da falta de resposta de secretários municipais. “A audiência proporcionará um momento de debate com um representante do governo capaz de esclarecer o porquê de interromper as obras na cidade. Dessa forma, continuaremos caminhando para o desenvolvimento”, finalizou.

Silvinha Dudu informou, no fim da discussão, que as obras no viaduto seriam reiniciadas e falou sobre seu desejo de inaugurá-lo, já que a intervenção é uma luta antiga dos vereadores e terá o nome de seu pai, Luiz José da Cruz Dudu. Com a notícia, a vereadora Glória da Aposentadoria (PRB) ressaltou que já havia encaminhado alguns requerimentos para a Prefeitura sobre a questão, e parabenizou o prefeito Alex de Feitas por ouvir as solicitações dos vereadores.

Encerrando o debate, o presidente da Casa, vereador Daniel Carvalho (PV), comunicou que vai encaminhar um pedido ao secretário de Obras para que ele possa comparecer à Câmara para esclarecimentos, e também convidar o secretário de Educação recém empossado, Fabiano Diniz, para se apresentar aos vereadores.

* Por Xavana Horta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *