Category Archives: Cultura na Câmara

Legislativo de Contagem promove ações para conscientização sobre o autismo

Com o objetivo de lembrar o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado em 02 de abril, os vereadores de Contagem debateram, nesta terça-feira (03), esse distúrbio de desenvolvimento, e a sede do Legislativo recebeu uma exposição fotográfica de crianças autistas em espaços públicos de Contagem.

Contando com 26 quadros no hall da Câmara até o final da semana, a exposição “Autismo – somos parte do mundo, não um mundo à parte” foi organizada pelo Grupo de Apoio ao Autista, Pais e Familiares de Contagem (Amais). Ela integra a edição de abril do projeto “Cultura na Câmara”, que traz ao Legislativo, toda primeira terça-feira do mês, trabalhos dos talentos da cidade. Pela participação, Josy Silva recebeu um certificado em nome do Grupo Amais.

O transtorno do espectro autista é um distúrbio de desenvolvimento que leva a sérios comprometimentos de comunicação social e comportamentos restritivos e repetitivos que, tipicamente, se iniciam nos primeiros anos de vida. A Organização Mundial da Saúde estima que a proporção seja de um caso a cada 160 nascimentos. O tratamento deve ser precoce, intenso e multidisciplinar, envolvendo psicólogos, fonoaudiólogos, terapia ocupacional, fisioterapeuta, psicopedagogo, entre outros profissionais.

Necessidades de políticas públicas

Seguindo o tema, o vereador João Bosco New Texas (PMN) pediu a palavra para levantar a necessidade de dar mais visibilidade à condição e às necessidades de pacientes e familiares, para que haja entendimento e construção de políticas voltadas para esse público no município.

“Apresentei um requerimento para que o poder público amplie as políticas voltadas às pessoas com autismo. De acordo com a OMS, existem em torno de 70 milhões de pessoas com autismo no mundo; dois milhões apenas no Brasil. E, em nosso município, também há muitas famílias passando por dificuldades”, disse o parlamentar, lembrando das vitórias na luta abraçada, há anos, pelo ex-vereador Beto Diniz, mas também da necessidade de ampliar esse apoio.

O presidente da Câmara, vereador Daniel Carvalho (PV), pediu licença para ler o relato da mãe de uma criança autista sobre a visão de mundo de uma pessoa que tem a condição. “Uma sociedade inclusiva faz do mundo um lugar bem mais legal. Essa sonhada sociedade não se constrói da noite para o dia, mas começa a surgir quando você escolhe ter empatia. Busquemos a informação para que a batalha diária do autista siga com mais alegria”, declarou.

“Precisamos de força para fazer com que os tratamentos corretos e os avanços científicos cheguem a todos os necessitados, para que o amor vença a má vontade dos serviços diversos prestados, para que os colégios públicos e particulares e os hospitais sejam melhor preparados, para que mamães e papais tenham um caminho menos complicados”, acrescentou Daniel.

O vereador Dr. Wellington Ortopedista (PDT) lembrou que, em Contagem, as pessoas com autismo ainda são atendidas nos Cais (Centros de Atendimento e Inclusão Social). Mas fez o compromisso de que a Comissão de Saúde da Câmara, a qual preside, fiscalizará as obras do Centro Especializado em Reabilitação tipo IV (CER IV), que está sendo estruturado no bairro Europa, Regional Sede, para atender de forma humanizada esses e outros casos.

Por fim, o vereador Caxicó (PPS) ocupou a tribuna para caracterizar o transtorno, expressar a importância da conscientização e para enaltecer a luta das famílias e a participação da Câmara na melhoria da qualidade de vida das pessoas com o transtorno. Ele lembrou que o Legislativo de Contagem já aprovou leis que beneficiaram esse público e ressaltou que apresentou recentemente um projeto para atendimento prioritário ao autista. “Informação é o melhor caminho sempre. E espero que todos abracem essa causa”, concluiu.

Exposição “Contagem: Memórias Gravadas em Metal” traz arte e história à Câmara em setembro

Em referência ao aniversário de emancipação político-administrativa da cidade de Contagem, celebrado na última semana, o Cultura na Câmara traz ao Legislativo Municipal, em setembro, a exposição do projeto “Contagem: Memórias Gravadas em Metal”. Até o dia 15 deste mês, aqueles que frequentam a Câmara podem conferir, em seu hall de entrada, 12 quadros que retratam paisagens e figuras históricas do município.

Instalado na última terça-feira (05) na Câmara, o projeto foi desenvolvido no ano de 2016 pela artista visual Mariane Olímpio, como uma homenagem a Contagem, com um caráter documental, visando um resgate histórico de sua memória. Impresso através da gravura em metal, material que nos remete à orientação econômica industrial de Contagem, o trabalho resgata a história visual da cidade, seus personagens, seus lugares e sua cultura.

“As obras apresentam uma linha tênue entre o efêmero, o passado, a memória e a força da gravura, como um carimbo que tem a capacidade de reproduzir inúmeras vezes a imagem de uma lembrança, perpetuando assim sua história”, diz o texto de apresentação da exposição.

O 1º secretário da Câmara, vereador Capitão Fontes (PMDB), leu em plenário um texto descritivo da exposição e, em nome dos parlamentares, exaltou e agradeceu a artista. “Agradecemos a Mariane Olímpio, por trazer seu belíssimo trabalho ‘Memórias Gravadas em Metal’, para enriquecer ainda mais o nosso Projeto Cultura na Câmara, mostrando um pouco de sua arte, revelando o quão importante são os nossos artistas e os nossos novos valores. Esta Casa é e continuará sempre sendo de vocês”.

O Projeto Cultura na Câmara é mais um instrumento do Legislativo que visa à aproximação com a população, trazendo para o plenário da Câmara os artistas de Contagem. A ideia é receber diversas manifestações culturais, como música, poesia, teatro, dança, artes plásticas, entre outros. As apresentações acontecem mensalmente, na primeira terça-feira do mês. Quem tiver interesse em participar do “Cultura Na Câmara” pode entrar em contato pelo telefone 3359-8747.

Pianista é atração da edição de agosto do Cultura na Câmara

O mês de agosto começou de maneira especial na Câmara Municipal de Contagem. No primeiro dia do mês, logo cedo, antes da reunião ordinária, o som do projeto Cultura na Câmara invadiu o plenário Vereador José Custódio, mostrando mais um talento contagense. Integrante do Grupo Eternize, o músico Felipe Siqueira encantou os presentes com sua apresentação no teclado.

Com mais de 13 anos de história, o Grupo Eternize se orgulha de contar com uma equipe de excelentes músicos para engrandecer cerimônias e recepções. Possui repertórios variados, com a possibilidade de personalizar sua atuação com as formações e instrumentos de preferência do público, como teclado, violino, trompete, violão, entre outros.

Produtor musical, pianista e tecladista, Felipe Siqueira aceitou o convite da Casa e enriqueceu ainda mais o Cultura na Câmara, mostrando um pouco de sua arte, revelando o quão importante são os nossos artistas e os nossos novos valores. “Essa oportunidade representa muito para nós do Grupo Eternize, por ser um grupo fundado em Contagem e com todos os integrantes sendo da cidade. É uma alegria fazer parte deste momento”, destacou o músico.

O Projeto Cultura na Câmara é mais um instrumento do Legislativo que visa à aproximação com a população, trazendo para o plenário da Câmara os artistas de Contagem. A ideia é receber diversas manifestações culturais, como música, poesia, teatro, dança, artes plásticas, entre outros. As apresentações acontecem mensalmente, na primeira terça-feira do mês. Quem tiver interesse em participar do “Cultura Na Câmara” pode entrar em contato pelo telefone 3359-8747.