Category Archives: Escola do Legislativo

Escola do Legislativo prepara mais centenas de alunos para a redação do Enem

O auditório da Una Contagem foi palco, mais uma vez, do Aulão Solidário para o Enem 2018, promovido pelo projeto “Câmara Nota 10” da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Contagem. Desta forma, a Escola fechou com chave de ouro o ciclo de palestras preparatórias para alunos da cidade que vão fazer a prova do Enem.

As aulas aconteceram na última quinta-feira (25/10) e foram voltadas para a redação, quesito de grande peso nas provas do Enem e que costuma tirar o sono dos jovens concorrentes. As professoras Flávia Rita Coutinho Sarmento e Joice Castro foram as responsáveis pelas aulas. O período da manhã foi das 9h às 11h e a tarde das 13h às 15h30.

Os quase 200 alunos da Escola Estadual Rui Pimenta e os demais inscritos pelo site da Escola do Legislativo tiveram, com as duas professoras, explicações detalhadas sobre estrutura de texto dissertativo-argumentativo, gênero exigido na redação do Enem. Além disso, elas sugeriram vários temas que podem cair este ano.

A aluna do terceiro ano Bruna de Souza Alves saiu satisfeita com a aula. Ela, que vem estudando ao longo do ano para o Enem, afirmou que as explicações da professora Flávia Rita serão muito importantes para seu sucesso na redação. “Realmente saio daqui com uma base muito boa, nunca tive uma aula de redação tão boa e prática”, disse.

O Enem 2018 vai ser realizado nos dias 4 e 11 de novembro, em todos os estados e no Distrito Federal. Mais de 5,5 milhões de estudantes são esperados para as provas.

Escola do Legislativo da Câmara promove mais um Aulão Solidário para o Enem 2018

Na próxima quinta-feira (18/10) a Escola do Legislativo vai promover mais um Aulão Solidário para o Enem 2018. Desta vez, o encontro será no auditório da Una Contagem, na parte da manhã, das 9h às 12h15. As inscrições estão abertas desde setembro, quando foi realizado o primeiro aulão do ano, no plenário da Câmara Municipal de Contagem. A próxima data será 25 de outubro, também na Una Contagem.

Quem vai ministrar as aulas da próxima quinta-feira é a professora Flávia Rita Coutinho Sarmento, professora de Língua Portuguesa em importantes cursos preparatórios presenciais e à distância do Brasil, com um currículo extenso na área educacional. Ela é colaboradora de alguns jornais, como Folha Dirigida, Estado de Minas e O Tempo, atua na capacitação de professores da rede pública e provada de ensino e é redatora do Guia do Estudante, da Editora Abril, além de ter vasta experiência na publicação de materiais didáticos.

Ainda dá tempo de fazer sua inscrição, tanto para o dia 18/10, quanto para o dia 25/10, gratuitamente! Acesso o hotsite do projeto (clique aqui). O interessado deve doar 1 kg de alimento não perecível (menos sal e fubá), a ser entregue na entrada do evento. Em caso de interesse em mais de uma data, se faz necessária a entrega de 1 kg para cada inscrição realizada.

Mais informações pelo telefone 3359-8750.

Legislativo recebe a visita de estudantes do Senai

A Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Contagem recebeu, na manhã desta quarta-feira (03/10), estudantes de ensino médio do curso de Processo Administrativo do colégio Senai Unidade Euvaldo Lodi, para uma visita técnica, dentro do programa “Câmara Aberta”. Confira as fotos do encontro:

Legislativo recebe a visita de estudantes do Senai

A Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Contagem recebeu, na manhã desta quarta-feira (03/10), estudantes de ensino médio do curso de Processo Administrativo do colégio Senai Unidade Euvaldo Lodi, para uma visita técnica, dentro do programa “Câmara Aberta”.

O encontro foi dividido em duas partes distintas. A primeira foi a visitação às dependências da Câmara Municipal, sendo a turma recebida na Sala da Presidência pelo vereador Arnaldo de Oliveira (PTB), responsável por dar as boas-vindas a todos.

Na sequência, foram até o plenário Vereador José Custódio, onde ouviram uma palestra sobre o sistema político brasileiro, as esferas e os níveis de poder e o papel dos vereadores na vida política da sociedade. Ainda em relação ao Legislativo Municipal, os estudantes tiveram a oportunidade de participar da simulação de uma reunião plenária, com direito a discussão e votação de projeto de lei.

O vereador Arnaldo de Oliveira (PTB) recebeu os alunos na sala da presidência da Casa.

O vereador Arnaldo de Oliveira recebeu os estudantes, falou sobre a alegria de poder recebê-los em nome do presidente Daniel Carvalho (PV), ocupado em outra agenda. O vereador aproveitou a oportunidade para conversar com os alunos sobre política e o momento atual do país. Além disso, relatou um pouco de sua vida como vereador, iniciada aos 23 anos de idade e ouviu demandas relacionadas à suas principais áreas de atuação: a inclusão social de deficientes e o cuidado com os idosos.

O procurador legislativo Rodrigo Diniz foi o responsável pela palestra aos alunos, tendo se preocupado em destacar as funções dos vereadores que são: legislar, fiscalizar as ações do Executivo, administrar a Câmara Municipal e julgar as contas municipais, bem como a conduta do Executivo. Por fim, Rodrigo detalhou como funciona a tramitação de uma lei no Legislativo de Contagem.

Visita técnica

A Escola do Legislativo foi inaugurada em meados de 2014 e, depois de um breve intervalo, continua trabalhando para aproximar a Câmara da comunidade por meio de projetos de educação política e de incentivo à participação popular, buscando o fortalecimento da cidadania, com cursos voltados tanto para servidores da Casa, quanto para a população em geral.

O projeto Câmara Aberta, implementado na atual gestão da Câmara Municipal, tem este propósito e recebe estudantes de todas as unidades escolares, públicas e privadas, interessados em conhecer uma pouco mais sobre o Legislativo Municipal. A escola ou faculdade que se interessar pelo programa e quiser realizar uma visita guiada à Câmara de Contagem, basta entrar em contato com a Escola do Legislativo pelo telefone (31) 3359-8750.

*Por Fleury Rosa

Clique aqui e veja a galeria de fotos deste evento.

Aulão Solidário para o Enem reúne 120 estudantes na Câmara de Contagem

A Escola do Legislativo de Contagem realizou, nesta quarta-feira (26/09), as duas primeiras edições de 2018 do Aulão Solidário de Redação para o Enem. Realizada em parceria com a Faculdade Única, a iniciativa reuniu, no plenário da Câmara, aproximadamente 120 estudantes. No período da manhã, a maioria dos participantes foi da Escola Estadual Adriano José Costa, do bairro Retiro, regional Vargem das Flores, e a tarde foi do Colégio São Judas Tadeu, localizado no Alvorada, Sede.

Na abertura do evento, o presidente da Câmara, vereador Daniel Carvalho (PV), enalteceu o interesse dos estudantes em se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e reafirmou o compromisso do Legislativo de Contagem em ajudar na formação de cidadãos mais conscientes.

“A atual gestão da Câmara tem feito um esforço muito grande para estar mais perto da população e levar a ela tudo que acontece aqui dentro, com transparência. A Escola do Legislativo cumpre bem essa função, nos projetos de educação, ajudando na formação de vocês estudantes para o Enem, mas também na formação cidadã. Outros projetos nossos, como o Cultura na Câmara, a Ouvidoria Cidadã e a Escola Aberta também nos aproximam do cidadão, para sabermos seus anseios e dividirmos com ele a responsabilidade de construir uma cidade melhor”, destacou o parlamentar.

O vereador lembrou que a iniciativa do Aulão Solidário foi tão bem sucedida em 2017 que recebeu, no Congresso Mineiro de Empreendedorismo, Sustentabilidade e Modernização das Cidades, o prêmio “Cidades Inteligentes”oferecido aos municípios de Minas que apresentam iniciativas de destaque em diversas categorias.

Nas aulas desta quarta, o professor Marcelo Medes fez uma retrospectiva dos temas das redações do Enem, apresentou o que é cobrado do estudante no texto e quais competências exigidas, o que pode representar perdas de pontos, e discorreu sobre a estrutura do texto. De forma prática e participativa, o professor mostrou como organizar as ideias para desenvolver um bom texto dissertativo-argumentativo.

“Provavelmente, muitos de vocês (estudantes) já tiveram contato com muitos conteúdos relacionados ao Enem em sala de aula, mas é importante virem até um lugar diferente e ouvirem de alguém de fora algumas dicas, para que ‘caia a ficha’ e possam desenvolver uma boa redação”, explicou o professor.

E os alunos aprovaram o Aulão. Emily Cristine, que fará o Enem no próximo ano, ficou animada com as dicas. “Saímos daqui com muitas ideias sobre a redação, principalmente porque não temos uma aula específica sobre o Enem na escola. Sei que não é papel da Câmara oferecer essa aula, mas é interessante e nos ajuda bastante”, destacou. Lucas Ricardo de Oliveira, que fará o exame neste ano, explicou que a aula foi importante por “abordar pontos importantes da nossa sociedade que podem ser temas da redação, e mostrar como organizar melhor o texto para uma boa nota”.

As próximas edições do Aulão Solidário para o Enem serão realizadas pela Escola do Legislativo nos dias 18 e 25 de outubro. Mais informações, pelo telefone 3359-8750.

Escola do Legislativo encerra ciclo de palestras sobre o uso de linhas cortantes

A Câmara Municipal de Contagem, por meio da Escola do Legislativo, encerrou, na manhã desta quinta-feira (23/08), o ciclo de palestras educativas da campanha “Pipa com cerol e linha chilena: corte essa ideia, antes que ela corte outras vidas”, recebendo cinco turmas do 5º ano da Escola Municipal Doutor Sabino Barroso, localizada no Centro de Contagem.

Após ações realizadas na Escola Municipal Glória Marques Diniz e na Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra, foi a vez de aproximadamente 120 alunos do Sabino Barroso participarem das palestras com a Guarda Civil de Contagem e a Polícia Militar de Minas Gerais, desta vez, na sede do Legislativo Municipal.

O Guarda Civil Paiva fez um breve histórico sobre pipas e papagaios, desde a criação, na China antiga, a utilização como arma de guerra e veículo de comunicação até a chegada ao Brasil, trazido por comunidades quilombolas e sua evolução, além de abordar as consequências do uso das linhas cortantes. A Cabo PM Patrícia explicou os aspectos legais que envolvem a ação de soltar pipas com cerol e linha chilena, e utilizou vídeos e fotos para exemplificar os riscos e consequências da prática.

As palestras levaram os estudantes a se colocarem no lugar das vítimas dessa prática, buscando sua conscientização, e abriram espaço para que eles contassem experiências pessoais de uso das linhas cortantes e de lesões sofridas por amigos, familiares e conhecidos. Por fim, o assessor da Escola do Legislativo, Alan Barbosa, conclamou a todos os alunos a transmitirem as informações para os mais próximos, a fim de coibir os problemas causados pelo uso do cerol e da linha chilena.

De acordo com a supervisora da escola, a pedagoga Jaciara Batista Martins, o envolvimento de outros órgãos é importante para a formação do cidadão. “A parceria da Câmara Municipal, da Guarda Civil e da Polícia Militar com as escolas é necessária para a conscientização dos jovens sobre os riscos desta prática. É um assunto tratado na escola, mas, quando os estudantes ouvem de outros órgãos e autoridades, com outras abordagens, acabam sendo melhores conscientizados”, disse, destacando, ainda sua surpresa em constatar como é comum a prática entre os alunos da escola.

Palestra na E.M Leonardo Sadra

 A Câmara  Municipal de Contagem, por meio da Escola do Legislativo, realizou na manhã desta sexta-feira, 17 de agosto, palestras sobre os perigos do uso do cerol e da linha chilena, para os alunos do 5º ao 9º ano da Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra, na Regional Sede (Leia mais…). Confira as fotos do evento:

Câmara realiza palestra educativa na Escola Leonardo Sadra

A Câmara  Municipal de Contagem, por meio da Escola do Legislativo, dá continuidade às ações da campanha contra o uso do cerol e da linha chilena, iniciada em junho com pronunciamentos dos vereadores em plenário e levada a toda a sociedade. Na manhã desta sexta-feira, 17 de agosto, foi realizado um conjunto de três palestras, formando um verdadeiro aulão, para os alunos do 5º ao 9º ano da Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra, na Regional Sede.

O assessor especial da Escola do Legislativo, Alan Barbosa, apresentou aos estudantes a proposta da Câmara Municipal com a campanha e transmitiu a todos os cumprimentos do presidente da Casa, vereador Daniel Carvalho (PV). Ele agradeceu a adesão e a parceria da Escola Municipal, saudando a diretora Ângela Maria Susin Ballardin e a todos os professores.

O Guarda Civil Municipal Paiva foi o primeiro a falar aos jovens, que ouviram atentamente o breve histórico sobre pipas e papagaios, desde a sua criação, na China antiga, a utilização como arma de guerra e veículo de comunicação até a chegada ao Brasil, trazido por comunidades quilombolas, sua evolução, e encaminhando a discussão para as consequências do uso das linhas cortantes.

A Cabo Verciani, do Corpo de Bombeiros, focou sua palestra nos riscos de empinar pipas e papagaios, que vão desde a simples queda até a morte de motoqueiros em decorrência de cortes provocados pelas linhas cortantes. “Somente este ano, dois motoqueiros perderam a vida aqui em Contagem em acidentes com linhas de cerol e chilena”, alertou, recomendando que a prevenção continua sendo a melhor alternativa, evitando o uso de cerol e/ou linha chilena. Ela concluiu com um alerta aos jovens, de que todo cuidado é pouco porque a vítima pode ser cada um de nós ou algum familiar.

Cabo Carla, da Polícia Militar de Minas Gerais, tratou mais especificamente dos aspectos legais que envolvem a ação de soltar pipas utilizando cerol e linha chilena. Ela enfatizou que o uso das linhas cortantes é crime, e mesmo os menores de idade podem sofrer sanções, como a apreensão por cometimento de ato infracional, e seus representantes legais, seguindo a legislação municipal e estadual, podem ser multados.

A Escola do Legislativo da Câmara de Contagem vai promover ainda mais uma palestra, dia 23 de agosto, no Plenário Vereador José Custódio, a partir de 9h, oportunidade em que receberá alunos de outras escolas municipais da cidade.

* Por Fleury Rosa

  • Para ver a galeria de fotos deste evento, clique aqui.

Escola do Legislativo promove manhã educativa em Escola Municipal

A Câmara Municipal de Contagem continua com as ações da campanha contra o uso do cerol e da linha chilena. Na manhã desta quarta-feira (15/08), a Escola do Legislativo promoveu uma palestra para os alunos do 5º ao 9º ano da Escola Municipal Glória Marques Diniz, localizada no bairro Bom Jesus, região do Nacional.

Primeiro, os jovens escutaram as orientações do Guarda Civil Municipal Paiva, que introduziu o assunto falando sobre um breve histórico da utilização de pipas e papagaios, evoluindo a discussão para as consequências do uso das linhas cortantes. Paiva aproveitou também para exibir três reportagens recentes que traziam acidentes fatais provocados pela linha chilena.

Outra parte da palestra ficou por conta do Corpo de Bombeiros, representado, na ocasião, pelo Sargento Andrade. Segundo o Sargento, o Hospital Municipal de Contagem tem atendido uma média de 30 pessoas por dia com ferimentos causados por linhas cortantes, desde casos mais simples, até os mais graves.

Além disso, Andrade orientou os jovens sobre como proceder em caso de acidente com cerol e linha chilena, prestando os primeiros socorros e acionando rapidamente o Samu ou o próprio Corpo de Bombeiros.

A Polícia Militar de Minas Gerais também esteve representada por meio da palestrante Cabo Patrícia e outros policiais presentes. Patrícia passou um vídeo educativo produzido pela PMMG e explicou os aspectos legais que envolvem a ação de soltar pipas utilizando cerol e linha chilena.

Ela reforçou que o uso das linhas cortantes é crime, e mesmo os menores de idade podem sofrer sanções, como a apreensão por cometimento de ato infracional, e seus representantes legais, seguindo a legislação municipal e estadual, podem ser multados.

A Escola do Legislativo da Câmara de Contagem vai promover ainda a palestra em duas outras datas: 17 e 23 de agosto. Estas acontecerão no plenário da Câmara, que vai receber alunos de outras escolas municipais da cidade.

 

  • Para ver a galeria de fotos deste evento, clique aqui.

Campanha contra o uso do cerol e linha chilena continua

Em mais uma ação da campanha promovida pela Câmara de Contagem contra o uso do cerol e da linha chilena, vereadores se reuniram, na última terça-feira (03/07), na presidência da Casa, com representantes da Guarda Civil de Contagem, do Corpo de Bombeiros, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e com a Fiscalização de Posturas.

A reunião foi importante para planejar e definir as ações conjuntas na cidade, a fim de coibir o uso das linhas cortantes, assunto debatido no Legislativo desde meados de junho e intensificado na Reunião Ordinária do último dia 26.

A Guarda Civil de Contagem (GCC), representada pelo Superintendente Arlindo Junior e pelo Subcomandante Bicalho, explicou que já está trabalhando com ações educativas, como palestras em escolas do município, e também com táticas repressivas.

Em uma semana de ações, a GCC recolheu e incinerou 70 materiais com cerol ou linha chilena. O resultado desta operação foi divulgado para a imprensa na tarde do dia 29 de junho.

Da mesma forma, o Capitão Alysson, do Corpo de Bombeiros, explicou que eles também têm iniciativas de ações preventivas, como palestras, mas a atuação maior é no socorro das vítimas, que aumentam significativamente nesta época de férias escolares e de ventos favoráveis para a prática da pipa.

Desafios

A Guarda Civil explicou que a legislação municipal vigente – a Lei Municipal 3758/2003, alterada pela Lei nº 4621/2013 – carece de regulamentação, já que não outorga aos agentes o poder de multar os infratores, apesar de prever multa de R$ 500,00 ou o dobro, no caso de reincidência.

“De qualquer forma, este seria um reforço. Mas a partir de hoje a nossa ação repressiva será a condução do infrator para a delegacia e imputação dos responsáveis, no caso de menores de idade”, disse o Subcomandante.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Ivayr Soalheiro, reforçou a urgência da regulamentação da lei e se comprometeu em dar atenção à questão, agilizando o Decreto do Executivo que tratará sobre isso. Além disso, o secretário sugeriu ações publicitárias e a criação de um Disque Denúncia, por meio do qual qualquer cidadão poderá notificar as autoridades sobre o uso do cerol e da linha chilena.

Encerrando a reunião, o presidente da Câmara, vereador Daniel Carvalho (PV) apresentou a todos a campanha publicitária encabeçada pela Casa, em conjunto com a Escola do Legislativo, que vai, por meio de diversas mídias, trabalhar a questão dos riscos do uso desses materiais cortantes. A distribuição de alguns destes materiais em uma blitz educativa, envolvendo a Guarda Civil e a Transcon, também foi cogitada.

Outra notícia dada pelo presidente foi a realização de um festival de pipas organizado pelo Legislativo, no mesmo dia da Ação Social da Ouvidoria Cidadã da Câmara, que será realizada no dia 25 de agosto, no Parque das Amendoeiras, na Região do Nacional. A divulgação desde evento será feita em breve pela Câmara Municipal de Contagem.

“A ideia é que toda esta campanha e ações culminem em um festival, em que teremos a oportunidade de chamar ainda mais a atenção da população para este tema tão importante, que pode salvar vidas”, finalizou Daniel.

« Mais antigas