Legislativo recebe secretário municipal de Cultura, que chega trazendo boas novas

Os vereadores receberam, no final da manhã desta terça-feira (02/10), na sala da Presidência da Casa, a visita do secretário municipal de Cultura, Esporte e Juventude, Adriano Henrique de Faria, acompanhado do diretor de Política Cultural, João Flores Alkimim, a gerente de Patrimônio, Layla Gomes Dias Grandesoli, e o assistente de Relações Institucionais, Wellington Mucuri, para um encontro de trabalho.

Eles vieram apresentar ao presidente do Legislativo e aos demais vereadores presentes – Alex Chiodi (SD), Glória da Aposentadoria (PRB), Daniel do Irineu (PP), Capitão Fontes (MDB), Jair Tropical (PCdoB), Caxicó (PPS) e Silvinha Dudu (PCdoB) – a realidade da pasta, especialmente a condição dos imóveis tombados pelo patrimônio público municipal.

“Desde já quero agradecer a presença dos senhores, na expectativa de que nos tragam informações importantes no tocante ao que vem sendo feito pela pasta em favor da cultura de Contagem, especialmente em relação ao patrimônio cultural”, declarou Daniel Carvalho ao abrir os trabalhos e cumprimentar cada convidado.

Depois de uma ligeira explanação sobre o sistema e a política cultural do município, que incluiu a situação dos recursos hoje destinados à Cultura, o secretário Adriano de Faria se deteve um pouco mais na situação dos espaços públicos que estão fechados, alguns há mais de 10 anos, como é o caso do Cine Teatro Municipal e a Casa de Cacos.

O secretário e equipe deixaram clara a necessidade de uma interlocução maior com o setor privado para financiar as ações de cultura na cidade e admitiram a preocupação com o patrimônio cultural de Contagem, começando pelo Cine Teatro Cultural, o mais preocupante deles, interditado desde 2012. “Há um projeto de restauro já feito, estimado, à época, em R$5,5 milhões e que está em fase de captação de recursos”, destacou.

Em relação à Casa de Cacos, Adriano de Faria afirmou que o processo avançou um pouco mais, uma vez que o convênio no valor de R$351 mil já foi assinado com o Ministério do Turismo e o empenho deverá ser assinado ainda este ano, com o início das obras previsto para o ano que vem.

“Quanto à Estação do Bernardo Monteiro, há um diálogo com a empresa responsável pela malha ferroviária para a recuperação da mesma”, completou Faria, destacando ainda a realidade do Espaço popular (deixará de ser subutilizado em 2019), da Casa da Cultura Nair Mendes Moreira (recursos já reservados para o inicia da reforma, restauro e volta do acervo) e da Capela do Bela Vista (cuja tratativa está sendo feita com a Arquidiocese de Belo Horizonte).

Convite

Adriano de Faria encerrou sua participação apresentando ao presidente Daniel Carvalho e aos demais vereadores um pedido e um convite. Ele convidou os parlamentares para participarem da entrega da Comenda Antônio Maria da Silva, Mestre dos Arturos, a personalidades que se destacam na defesa do patrimônio histórico cultural da cidade. O evento será realizado no dia 24 de outubro, quarta-feira, no plenário Vereador José Custódio, da Câmara Municipal.

Quanto ao pedido, é para que se agende um novo encontro em breve, para que ele possa voltar ao Legislativo e se encontrar com os vereadores para tratar de assuntos relacionados à questão do esporte no município. Daniel Carvalho assegurou que a agenda será marcada o mais brevemente possível, bem como confirmou presença no evento do dia 24 de outubro.

*Por Fleury Rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *