Assistentes sociais de Contagem pedem apoio de vereadores por melhoria na carreira

Por solicitação das assistentes sociais presentes em plenário, a votação da matéria que trata de seu Plano de Carreiras foi adiada para a próxima semana

Um grupo de assistentes sociais de Contagem esteve na Câmara Municipal nesta terça-feira (23/04) motivado pela votação do Projeto de Lei Complementar 11/2019, que aumenta, de 70 para 110, a quantidade de cargos de assistente social na Administração Direta do Município.

As profissionais de serviço social presentes em plenário se mostraram favoráveis à ampliação do número de vagas. No entanto, reivindicam que o nível do cargo passe de XII para XIV, o que representaria um avanço no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos e, consequentemente, um aumento no salário da categoria. Elas, inclusive, vestiam uma camisa com os dizeres “Assistentes sociais de Contagem rumo ao nível XIV”.

“Somos a favor que aumente o número de efetivos, mas que tenha alteração em relação ao nível, pois a lei complementar que está para ser votada mantêm os profissionais de serviço social no nível XII, e todos os profissionais de curso superior da Prefeitura de Contagem são do nível XIV”, disse uma das profissionais, em entrevista para a Assessoria de Comunicação da Câmara.

Antes mesmo da reunião, as assistentes sociais abordaram os vereadores, incluindo o presidente da Câmara, Daniel Carvalho (PV), e o líder de governo, Teteco (MDB), pedindo a revisão do projeto em pauta e a alteração almejada. E o segundo pediu a palavra para dar uma resposta às trabalhadoras.

“Como foi feito o pedido aos vereadores no saguão da Câmara, quero informar que todos nós, por unanimidade, assinamos o pedido de vista. O projeto não será apreciado hoje e voltará na próxima semana ao plenário”, explicou Teteco.

Sendo assim, os vereadores e servidores terão até a próxima terça-feira (30/04), data em que o projeto deve ser votado em primeiro turno, para buscar um entendimento junto à Prefeitura de Contagem em relação a uma possível alteração ou emenda ao projeto, para atender à reivindicação da categoria.

One comment

  • Clevia Alves de Jesus

    Em nome da nossa categoria agradeço o apoio de todos os vereadores que entenderam nossas reivindicações e se dispuseram a pedir vistas ao decreto para que possamos conversar com o executivo.
    Ressalto que já havíamos solicitado agenda com executivo,mas infelizmente o projeto foi para votação antes de acontecer o debate.
    Mas estamos confiantes pois sabemos do compromisso e do envolvimento do nosso prefeito com a Assistencial Social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *