Cultura na Câmara de julho traz apresentação de contorcionismo

As artes circenses foram a atração do mês de julho do Cultura na Câmara. Desde o começo do projeto, essa é a primeira vez que o circo é tema das apresentações culturais que acontecem toda primeira terça-feira do mês, no hall do prédio do Legislativo. A Associação Cultural, Esportiva e Artística Circo de La Luna, sediada em Nova Contagem, apresentou um número de contorcionismo com nove alunas.

Fundada em 2005 pelo educador físico e professor de artes circenses Ricardo Antônio, a Associação tinha por objetivo ministrar aulas circo para crianças e jovens carentes na região de Nova Contagem, baseando-se na rotina de treinamento e ensaios do Novo Circo, criado por Guy Laliberté em 1984 – fundador do Cirque du Soleil.

O projeto enfrentou dificuldades desde o início, sem espaço para acolher as crianças e jovens e sem equipamentos para desenvolver o treinamento, gerando muitas desistências. Com alguns apoios, o grupo continuou e já atendeu mais de 600 crianças, investindo em seu desenvolvimento cultural, intelectual e físico.

O Circo de la Luna treina em torno de 30 a 40 crianças e jovens de Nova Contagem e bairros adjacentes entre quatro e seis horas diárias, com aulas de artes circenses new circo, Ballet e Jazz e capoeira, na sede localizada na Av. Retiro dos Imigrantes, 380, bairro Retiro, próximo ao campo de futebol do Retiro.

O grupo já representou Contagem em ginástica rítmica em vários campeonatos e acumula troféus. Já participou do quadro “Se vira nos 30” do Domingão do Faustão, no programa do Silvio Santos, recebeu convites dos EUA e da Europa para apresentações, mas ainda enfrenta dificuldades com a falta de verbas e procura patrocinadores e apoiadores, principalmente para estruturar sua sede e arcar com custos de viagens. “Essas meninas tiveram a oportunidade de se apresentarem fora do país, mas não tivemos condições de realizar”, lamenta Ricardo.

Aproveitando a oportunidade em que recebeu o certificado de participação no Cultura da Câmara, Ricardo Antônio fez ainda um apelo. Ele falou sobre a necessidade de maior valorização da cultura na cidade e incentivo aos artistas locais.

O professor pediu também apoio aos vereadores, empresários e cidadãos comuns para o festival anual que a entidade organiza. “Este ano, estamos querendo fazer no Sesi Alvimar Carneiro e precisamos muito de ajuda financeira. Não temos apoio governamental nem empresarial”, disse.

Cultura na Câmara

Se você é artista de Contagem e quer mostrar seu talento, a Câmara Municipal está de portas abertas para você. A ideia é receber diversas manifestações culturais, como música, poesia, teatro, dança, artes plásticas, entre outras. As apresentações acontecem na primeira terça-feira de cada mês. Os interessados podem entrar em contato pelo telefone 3359-8748.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *