ACESSO RÁPIDO
acessibilidade

Vereadores debatem flexibilização do isolamento social em Contagem

22 de abril, por Leandro Perché

Diante das medidas de reabertura parcial do comércio que algumas cidades estão começando a adotar, incluindo a vizinha Betim, os vereadores de Contagem iniciaram, em plenária remota realizada nesta quarta-feira (22/04), o debate da flexibilização do isolamento social por causa do novo coronavírus.

Durante o mês de abril, a população de Contagem conviveu com o reforço gradual das medidas de combate à propagação da Covid-19, com fechamento parcial do comércio, reforço na fiscalização, restrição ao número de passageiros no transporte público e em alguns estabelecimentos, desinfecção das vias públicas, obrigatoriedade do uso de máscaras, multa para aqueles que descumprirem as regras de prevenção, entre outras. No entanto, muitos comerciantes têm pedido o retorno das atividades, devido aos impactos econômicos gerados pelas restrições impostas pelo poder público.

Durante a plenária por vídeo-conferência, vários parlamentares solicitaram que a Prefeitura de Contagem realize um estudo para avaliar a viabilidade e os impactos de uma flexibilização nas medidas de isolamento social no município.

O vereador Alex Chiodi (SD) iniciou a discussão, destacando que “muitas cidades, como Betim e Florianópolis, estão fazendo um afrouxamento das regras de isolamento, e os comerciantes têm questionado sobre o retorno das atividades em Contagem. Por isso, esperamos que a Prefeitura faça um estudo para ver a possibilidade de, aos poucos e seguindo todas as regras e critérios estabelecidos pelas autoridades sanitárias, retornar as atividades comerciais”.

“Isso atinge não apenas os proprietários e empresários, mas os trabalhadores, suas famílias e as pessoas que precisam se utilizar do comércio. Não podemos julgar nem aqueles que querem voltar a trabalhar e reabrir o comércio, tampouco aqueles que defendem o isolamento social, em ficar em casa, pois ainda estamos aprendendo a lidar com o coronavírus”, completou Chiodi.

Por sua vez, Alessandro Henrique (PTC) lembrou que, por decretos, o Executivo tem estabelecido regras e critérios para a abertura parcial do comércio de rua, com segurança, mas que ainda não há indicação em relação aos shoppings, como fez a cidade de Betim. Em relação ao Mercado Central, destacou que fez um requerimento por sua reabertura, e foi atendido pela Prefeitura.

A necessidade de preparar a rede de saúde antes da flexibilização do isolamento social foi abordada por Dr. Wellington Ortopedista (REP). De acordo com o vereador, “Betim conseguiu fazer uma retaguarda de 70 leitos de alta complexidade no hospital de campanha, chegando a 120 leitos. Talvez, estão abrindo o comércio e outras atividades para ver como vai ser a circulação do vírus, mas já preparados com respiradores e leitos. E, se precisarem, voltam com o isolamento, se adaptando à curva”, explicou.

O presidente da Câmara, vereador Daniel Carvalho (PL), endossou o pedido para que o Executivo avalie a reabertura do comércio. “Durante a semana, recebi vários pedidos e vídeos de comerciantes e empresários que estão tendo que fechar seus estabelecimentos e demitir funcionários, por não estarem trabalhando. Já enviei mensagens ao prefeito e secretários municipais, pedindo sensibilidade para o retorno do comércio com as devidas precauções e seguindo as recomendações da OMS e do Ministério da Saúde”, pontuou Carvalho, mencionando, ainda, a necessidade de se reforçar a fiscalização.

Por fim, Dr. Rubens Campos reafirmou que deve haver muito cuidado, estudo e um monitoramento constante para a retomada das atividades. “Temos que fazer tudo com muito cuidado, mensurando o dia a dia, cada semana, porque as pessoas precisam trabalhar, mas a vida é mais importante”, concluiu o médico, recebendo apoio de Zé Antônio (PT) e Daniel do Irineu (PP).

Demandas das igrejas

O vereador Pastor Itamar (PSC) anunciou que representaria a Câmara em reunião na tarde desta quarta-feira, para debater com a Prefeitura de Contagem as demandas das igrejas evangélicas em relação às medidas de isolamento social.

O assunto foi levantado pelo vereador Vinícius Faria (REP), que ressaltou a reivindicação dos líderes religiosos pela reabertura dos templos. “A Câmara tem sido cobrada em relação à flexibilização realizada em Betim, e para que possamos fazer a discussão da reabertura das igrejas em Contagem”, afirmou. “As pessoas têm necessidade da saúde espiritual neste momento difícil, de muita depressão, e a fé é muito importante para confortar e fortalecer”.

Faria explicou que, na cidade vizinha, os cultos foram flexibilizados: “aqueles que durariam uma hora, são feitos em 20 min, e tudo respeitando a OMS, com as pessoas usando máscaras, respeitando o espaçamento de um metro e meio, uso de álcool. E temos que entender que pastores e padres podem ajudar no combate ao Covid-19, levando informações para as pessoas mais carentes, além do conforto necessário”, completou, apoiado por Caxicó (CID).

Pastor Itamar ressaltou que essa questão seria discutida com o prefeito e líderes religiosos, estudando a reabertura dos templos, com os cuidados necessários para evitar a propagação do coronavírus. “Queremos que as igrejas consigam fazer o seu trabalho, fortalecendo a fé de seus membros, mas mantendo as medidas de prevenção e ajudando na divulgação de informações nesse sentido”, concluiu.

Veja mais notícias

Funec Inconfidentes recebe Aulão Solidário para o Enem

Mesmo com uma boa noção da gramática e da estrutura do texto argumentativo-dissertativo, a aluna Ana Julia da Silva Jorge ficou atenta durante todo...

25 de outubro, por lorena.carazza

Câmara de Contagem recebe Fórum Mineiro de Encerramento de Mandato ...

2020 é o último ano dos mandatos municipais – Executivo e Legislativo – e, por isso, é um ano carregado de particularidades quando o assunto é admi...

18 de junho, por lorena.carazza

Câmara recebe Fórum Mineiro Encerramento de Mandato e Fechamento de...

A Câmara Municipal de Contagem realiza, em parceria com a Brasil Master, na próxima segunda-feira (17/06), das 08h às 17h, o Fórum Mineiro Encerram...

13 de junho, por Leandro Perché
Todos os direitos reservados a Câmara Municipal de Contagem