Programa Bolsa Família Bairro Adentro é destaque na plenária

A Tribuna Livre da Câmara Municipal de Contagem recebeu, nesta terça-feira (15), a Coordenadora de Assistência Social e Inclusão Produtiva de Contagem, Luana Torres. Representando a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, ela destacou os principais pontos do programa Bolsa Família Bairro Adentro, projeto da Prefeitura de Contagem que foi bem avaliado pelos vereadores.

Lançado em outubro de 2013, o projeto objetiva facilitar a inserção das famílias que atendam o perfil do Programa Bolsa Família no cadastro único do Governo Federal, beneficiando as comunidades que estão mais distantes do atendimento central e do Cras (Casa da Família), no intuito de levar os programas sociais até o cidadão, encurtando distâncias entre os serviços públicos e a comunidade.

“Contagem hoje tem 56 mil famílias cadastradas, sendo 23 mil que recebem o benefício do Bolsa Família, mas sabemos que existem mais pessoas em situação de vulnerabilidade social”, destacou Luana Torres. “Então, criamos o projeto para entrar nos aglomerados subnormais – regiões vulneráveis, onde as pessoas não têm acesso aos serviços públicos, por serem invisíveis, pessoas com autoestima tão em baixa que nem saem de casa para a busca de um direito que é seu”, completou.

A representante da Secretaria explicou que o projeto é itinerante e conta com um ônibus que, toda semana, atende aos aglomerados, levando às comunidades vários benefícios associados ao cadastro único. Entre eles, destacou principalmente o Bolsa Família, mas também a tarifa social de água e luz, que é um desconto concedido para as famílias com perfil do cadastro único; a carteirinha do idoso, para viagem interestadual; o BPC (Benefício de Prestação Continuada) para pessoas com deficiência e idosos; o Pronatec, além de isenção de taxas de concursos, entre outros.

Antes de encerrar sua participação, Luana Torres respondeu a dúvidas dos parlamentares, esclarecendo que os requisitos para os benefícios do Bolsa Família incluem renda per capita de até R$ 140 reais, enquanto o cadastro único, realizado pelo Programa Bairro Adentro, é mais amplo, atendendo famílias com renda de até três salários mínimos.

Ao final, ressaltando que centenas de famílias foram cadastradas nos últimos meses em diversas vilas de Contagem, Luana Torres entregou o cronograma do Bairro Adentro aos vereadores e pediu apoio para a divulgação da iniciativa nas regionais. “Esse é um caminho para promover as famílias e para sanar as situações de extrema pobreza. Para isso, é importante sabermos onde essas famílias estão e quem são. Desta forma, peço apoio dos vereadores e coloco a Secretaria à disposição”, concluiu.

Vereadores exaltam a iniciativa

Vários parlamentares ressaltaram a importância do trabalho da Secretaria de Desenvolvimento Social e, principalmente, do Programa. “O nosso papel é este, de o serviço público facilitar as coisas para o cidadão e ir onde o povo está. Nesse sentido, o ‘Bairro Adentro’ é um ponto muito positivo da administração do Prefeito Carlin Moura, e a Secretaria está de parabéns pelo trabalho”, disse Alex Chiodi (SDD).

Os vereadores Zé Antônio do Hosp. Sta. Helena (PT), Fredim (PROS), Arnaldo de Oliveira (PTB), Decinho Camargos (PHS), Beto Diniz (PCdoB) e Rogério Marreco (SDD) parabenizaram a Secretaria e se colocaram à disposição para levar o Programa a todas as regiões carentes de Contagem. Zé de Souza (PT) e Eduardo Sendon (PSDB) falaram, ainda, da necessidade da integração de todas as esferas de Governo – municipal, estadual e federal – para reduzir os problemas sociais brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *