Câmara promove palestras nas escolas sobre valorização da vida

No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado muito entre os jovens. Preocupada com essa realidade, a Câmara Municipal de Contagem promove neste mês, por meio de sua Escola do Legislativo, palestras e atividades em instituições de ensino do município voltadas para a valorização da vida. A ação, em parceria com a Una Contagem, é parte da campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio.

A primeira instituição a receber a equipe da Escola do Legislativo e a psicóloga Janaína Borsagli, coordenadora dos cursos de saúde da Una Contagem, foi a Escola Municipal do Bairro Tropical. Nesta quinta-feira (05/09), cerca de 120 alunos do 6o ano do Ensino Fundamental, tiveram uma conversa com a especialista sobre depressão, prevenção ao suicídio e valorização da vida.

De forma bem dinâmica e participativa, a psicóloga falou sobre o Setembro Amarelo e propôs uma reflexão aos estudantes sobre tristeza, depressão e empatia. Além disso, convidou os jovens a observar mais o outro, e simulou como abordar um colega que apresenta tristeza e desânimo, se colocando como instrumento de apoio para aqueles que precisam.

A partir da abordagem, os alunos demonstraram muito interesse e se sentiram confortáveis para fazer perguntas, questionando sobre sinais e sintomas de depressão, como é realizado o tratamento, como buscar ajuda e de que forma pode-se auxiliar alguém que demonstra tristeza e apatia. Eles também quiseram saber sobre problemas relacionados, como bipolaridade e baixa autoestima, além de mencionar a falta de sensibilidade de algumas pessoas para lidar com aqueles que apresentam sintomas de depressão.

Muitos estudantes se emocionaram, choraram e se abraçaram durante a atividade. E foram alertados pela psicóloga: “se nada te anima, se nada te alegra, procure ajuda, porque pode ser depressão”. Diante das manifestações dos jovens, a especialista os confortou: “nós estamos com vocês”.

O professor de ciências Leonardo Barbosa aprovou a atividade, ressaltando que “no mundo atual, se tem faltado inteligência emocional para os adultos, imagina para as crianças e pré-adolescentes, que vivem num mundo marcado pela ansiedade, corrida pela profissão, cobrança nos estudos e desafios dentro da própria casa. Então, é importante terem um profissional para que possam compartilhar suas ansiedades, preocupações e necessidades”, explicou.

Continuidade

De acordo com a psicóloga Janaína Borsagli, é importante tratar o tema entre os jovens e buscar uma abordagem mais contínua. “É uma reflexão que abre portas e possibilidades para continuar esse repensar, ou seja, uma sensibilização inicial de valorização da vida, de projeto de vida, de percepção de que você é importante para o mundo. A partir dessa reflexão, expandimos, com atendimento clínico, com orientação profissional, workshop com professores, pois o preparo e a reflexão não devem ser apenas para o indivíduo, mas para a comunidade em torno dele, que também será impactada”.

Nesse sentido, a especialista ofereceu para a Escola Municipal do Bairro Tropical cinco estagiárias de psicologia da Una, para realizar um atendimento mais individualizado com os estudantes até o final deste ano, além de, junto com a Escola do Legislativo, realizar, ainda neste mês, uma palestra sobre o tema voltada para os professores e outros profissionais da instituição.

Outras escolas receberão o ciclo de palestras ainda em setembro. Na próxima quinta-feira (12/09), será a vez da Escola Municipal Eli Horta Costa receber o projeto. E a previsão é que a equipe da Escola do Legislativo chegue à Escola Municipal Prefeito Luiz da Cunha no dia 26. Mais informações, pelo telefone 3359-8750.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *