ACESSO RÁPIDO
acessibilidade

Escola do Legislativo se destaca com projetos de educação política e inclusão

27 de janeiro, por Leandro Perché

Mais de mil estudantes de Contagem participaram, no último ano, dos projetos de educação política e cidadã realizados pela Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Contagem.

A principal iniciativa nesse sentido é o “Câmara Aberta”. Realizado desde 2017, o projeto é considerado um elo para aproximar o estudante do poder Legislativo e despertar nos jovens o interesse pela política e pela consciência cidadã. Tem como tarefa mostrar a rotina parlamentar, por meio de visitas guiadas pela Casa, palestras e simulações da reunião plenária. E, por isso, já foi agraciado em 2020 com o prêmio Cidades Inteligentes, no Congresso Mineiro de Empreendedorismo, Sustentabilidade e Modernização das Cidades.

Em 2022, participaram do projeto 1.100 alunos de 11 escolas de Contagem: as unidades Centec e Industrial (E.M. Maria do Amparo) da Fundação de Ensino de Contagem (Funec); as escolas municipais Giovanini Chiodi, Babita Camargos, Eli Horta Costa, Sabino Barroso, Glória Marques Diniz, Cel. Antônio Augusto, Maria do Amparo e Senador José de Alencar; além do Centro de Educação Integral (CEI) Ressaca e Colégio Glória Andrade.

De acordo com a coordenadora da Escola do Legislativo, Eliane Oliveira, após dois anos paralisado por causa da pandemia, “o Câmara Aberta retornou em 2022 repaginado, com a participação ativa dos alunos na visita guiada e na simulação de votação, na qual fazem o papel dos vereadores, discutindo temas relevantes nas áreas de saúde, segurança, inclusão e direito dos animais”.

“O interessante dessa edição foi a participação dos vereadores, que ouviram as reivindicações dos alunos, anotaram e se dispuseram a ajudar, realizando requerimentos junto ao Executivo Municipal a fim de tentar resolver as demandas. Isso fez com que nosso projeto se tornasse mais democrático e participativo”, acrescentou Eliane.

O presidente da Câmara, vereador Alex Chiodi (Solidariedade), destaca a importância do projeto para formar cidadãos mais conscientes de seu papel na sociedade. “A Câmara de Contagem abre as suas portas para receber nossos estudantes e trabalhadores da Educação, com o objetivo de integrar a comunidade escolar com o poder Legislativo. O incentivo à participação dos jovens na vida política da nossa cidade faz com que tenhamos uma visão e uma perspectiva de um futuro cada vez melhor para cada cidadão contagense”.

Vereador Mirim

No último ano, o Câmara Aberta ganhou um reforço na tarefa de auxiliar na formação política de crianças e jovens contagenses. A Lei 5269/2022, originária de um projeto de Alex Chiodi, instituiu o Dia do Vereador Mirim.

Executado pela Escola do Legislativo, em parceria com a Secretaria de Educação, o projeto é realizado, inicialmente, nas instituições de ensino da rede municipal, com palestras e a produção de textos sobre o tema pelos alunos do ensino fundamental. E, posteriormente, a seleção de 21 estudantes, por uma equipe de professores, proporcionalmente ao número de escolas em cada regional, para participar, em outubro, de uma plenária na Câmara. Cada vereador mirim é apadrinhado, no dia, por um parlamentar da Casa.

“É uma iniciativa importante para que, desde a infância, possamos formar uma consciência política, mostrar a importância de acompanhar a vida política e as ações do Legislativo, e valorizar e reconhecer a atuação do vereador no debate e solução dos problemas da cidade. Será realizado anualmente, em outubro, em alusão à semana da criança e dos professores, buscando mobilizar e engajar os estudantes a exercer a cidadania”, explica Chiodi.

Inclusão

Além dos projetos de educação política, a Escola do Legislativo executa iniciativas voltadas para a cidadania e a inclusão. A principal delas, iniciada em 2022, foi o projeto “Libras sem Fronteiras”, premiado em junho no Fórum Internacional de Minas Gerais Cidades Inteligentes.

Há quase dois anos, todas as reuniões e solenidades da Câmara são traduzidas para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) por intérpretes da Associação dos Surdos de Contagem (ASC). E, no último ano, a Escola do Legislativo formou sua primeira turma do Curso Básico de Libras, com cerca de 30 servidores do Legislativo, de alguns órgãos da Prefeitura e da Guarda Civil.

O objetivo, de acordo com o presidente da Câmara, foi acolher e incluir a comunidade surda da cidade, garantindo que possa entender o processo legislativo, e ser entendida em suas necessidades e demandas pelos vereadores e outros servidores públicos, fomentando a cidadania.

“Fomos a primeira Câmara do Estado a incluir o intérprete de Libras nas transmissões das nossas reuniões. Mas, muito além da questão de inovar, o mais importante é a preocupação com a inclusão das pessoas que têm deficiência auditiva, para que possam entender o processo legislativo. O curso, iniciativa pioneira no país, foi importante na medida em que entendemos que, como órgão público, precisamos estar preparados para, minimamente, saber acolher aqueles que nos procuram”, concluiu Chiodi.

A coordenadora da Escola do Legislativo destaca que a perspectiva é que haja a continuidade e expansão de todos os projetos, com reformulações e inovações nos formatos e processos. E garante que novas iniciativas estão sendo desenvolvidas para contribuir com a formação cidadã dos jovens.

Veja mais notícias

Câmara promove curso básico sobre Direito do Consumidor

A Câmara Municipal de Contagem oferece, para o público interno e externo, um curso de noções básicas sobre o Direito do Consumidor. Realizada e o...

7 de março, por lorena.carazza

Funec Inconfidentes recebe Aulão Solidário para o Enem

Mesmo com uma boa noção da gramática e da estrutura do texto argumentativo-dissertativo, a aluna Ana Julia da Silva Jorge ficou atenta durante todo...

25 de outubro, por lorena.carazza

Câmara de Contagem recebe Fórum Mineiro de Encerramento de Mandato ...

2020 é o último ano dos mandatos municipais – Executivo e Legislativo – e, por isso, é um ano carregado de particularidades quando o assunto é admi...

18 de junho, por lorena.carazza
Todos os direitos reservados a Câmara Municipal de Contagem